Electricidade

Documentos necessários

Caso geral

  • Planta de localização do local de consumo
  • Termo de responsabilidade do técnico responsável pela execução da instalação
  • Esquemas eléctricos (quadro e planta)
  • Ficha electrotécnica

Caso de instalação trifásica

  • Planta de localização do local de consumo
  • Termo de responsabilidade do técnico responsável pela execução da instalação
  • Ficha electrotécnica
  • Projecto completo de electricidade (memória descritiva e peças desenhadas) 


Orçamentação do Ramal

Após a deslocação ao local de consumo, duma equipa técnica de vistoria, para confirmação da conformidade dos documentos entregues e para determinação das características técnicas e do comprimento  do ramal a executar, será efectuado o respectivo orçamento.


Comparticipação no custo do Ramal (Baixa Tensão Doméstica e Especial)

O ramal será enquadrado num dos tipos constantes nas tabelas de preços de ramais em vigor para que seja determinado o custo do ramal. O valor da comparticipação será calculado com base no custo dos materiais e na mão de obra de execução necessários para a ligação até ao contador.

 

Canalizações AéreasAté 20m21 a 40m 41 a 60m 
 Monofásica      
 Com Apoio 11.400$00 14.000$00 21.700$00
 Sem Apoio 8.800$00 13.300$00 18.600$00
Trifásica      
Com Apoio 13.600$00 18.000$00 29.400$00
Sem Apoio 11.600$00 17.700$00 25.200$00

 

 

Canalizações Subterranêas Até 10m 11 a 20m21 a 30m 31 a 40m41 a 60m
Monofásicas          
  12.600$00 15.300$00 18.800$00 22.300$00 25.900$00
Trifásicas          
 Até 43 kVA 17.600$00 20.700$00 24.800$00 28.900$00 33.000$00
 De 43,1 a 63 kVA 18.700$00 22.800$00 28.300$00 33.800$00 39.300$00
De 63,1 a 83 kVA 20.400$00 26.200$00 34.000$00 41.800$00  46.600$00
De 83,1 a 100 kVA 21.500$00 28.400$00 37.600$00 46.800$00 56.000$00

Obs.: Para distâncias superiores às indicadas, os ramais são facturados mediante orçamento, caso a caso.

 

Comparticipação no custo do Ramal (Média Tensão)

A comparticipação do cliente é determinada mediante orçamento, caso a caso.

I- Contrato Normal

Para celebrar um contrato de fornecimento de Electricidade para:

  • uma casa que já foi habitada um estabelecimento comercial ou oficina
  • um local que já foi anteriormente abastecido de electricidade
  • um local novo para o qual já foi instalado o correspondente ramal de alimentação

deve dirigir-se às Lojas da ELECTRA para aí proceder à celebração do respectivo contrato.


Os documentos necessários e os procedimentos a seguir, são os seguintes:

  1. Contrato de fornecimento de electricidade
  2. Contrato de estaleiro (electricidade)

Documentos necessários

  • Fotocópia do BI ou do passaporte do cliente ou do seu procurador legalmente constituído.
  • Auto de vistoria da Câmara Municipal (Certificado de Habitabilidade)
  • Certidão de Contribuição Predial, passada pela Repartição das Finanças
  • Declaração NIF  

Elaboração do contrato

O contrato é elaborado depois de se ter confirmado o seguinte:

  • Que o local de consumo não tenha contrato activo
  • Que não existem dívidas do requerente, em atraso, nesse local de consumo
  • Que o requerente tenha somente a última factura (do último mês) em dívida, em seu nome, noutro local de consumo
  • Que existe (m) contador (es) e dispositivos de ligação disponíveis para colocação imediata
  • O contrato fica celebrado mediante a emissão, em duplicado, de uma factura/recibo que é assinada pelas duas partes e paga no acto, sendo uma via para o cliente e outra para a empresa, sendo a do cliente acompanhada de um impresso com as "Condições Gerais do Contrato".

Custos de contratação

No acto de celebração do contrato de electricidade o cliente paga uma taxa de ligação de 169$00 para instalações monofásicas e de 339$00 para instalações trifásicas.

No caso de se tratar duma  alteração de contrato de electricidade por mudança de local de consumo o cliente paga o valor de 130$00.


II - Contratos Especiais

São contratos celebrados para darem resposta a situações específicas e eventuais.

São os contratos de carácter temporário, com contador, efectuados para locais de consumo em fase de construção, desde que seja comprovada essa condição através duma "Licença de Construção" válida, passada pelos Serviços Municipais competentes.


Documentos necessários:

  • Fotocópia do BI ou do passaporte do cliente ou do seu procurador e, neste último caso, da respectiva procuração;
  • Fotocópia da Licença de Construção passada pela Câmara Municipal.  

Vistoria

Uma equipa técnica efectuará uma vistoria ao local de consumo para :

  • Verificação das condições técnicas e de segurança para o fornecimento de electricidade e para a boa conservação dos contadores, e da acessibilidade aos agentes de leitura.
  • Verificação da possibilidade de execução do ramal definitivo de fornecimento de electricidade, de acordo com o respectivo projecto, se o cliente pretender poupar o custo do ramal provisório de estaleiro. Caso não seja possível, o ramal provisório será orçamentado e cobrado juntamente com o contrato de estaleiro, sendo posteriormente substituído pelo ramal definitivo, a requerer e a pagar pelo cliente.
  • Determinação do calibre do disjuntor limitador a instalar e, em consequência, do valor da caução a cobrar no caso dos clientes de BT doméstica.

Elaboração do contrato

O contrato é elaborado depois de se ter certificado que não existem dívidas do cliente para com a ELECTRA  em qualquer local de consumo.

Validade do contrato

O contrato é válido pelo período de validade da Licença de Construção, podendo ser renovado com a mera renovação desta. Findo o prazo de validade e se não houver renovação do contrato, o mesmo será automaticamente rescindido.

2.  Ligação provisória (electricidade)

São ligações temporárias, utilizáveis para comícios, festas, espectáculos, ou outros eventos com carácter esporádico e com uma duração não superior a 3 dias, que obedecem às  seguintes condições:

  • Ligação directa, sem contador;
  • Tipo de alimentação: monofásica ou trifásica em BT;
  • Intensidade disponibilizada: 15 amperes/fase controlada por disjuntor apropriado; 

O estabelecimento das ligações provisórias é feito mediante um contrato especial e o pagamento prévio de uma taxa de ligação e de uma avença de energia que são as seguintes:

   Ligações Monofásicas Ligações Trifásica 
Normal Urgente Normal Urgente
Taxa de Ligação 650$00 2000$00 650$00 2000$00
Avença de Energia 1560$00 1800$00 1800$00 2400$00

 

Os tarifários de electricidade são o conjunto de valores unitários ou fixos (taxas) com base nos quais a empresa factura mensalmente aos clientes, a electricidade consumida no mês antecedente, seguindo regras pré definidas pelo Governo.

Para além dos tarifários existem outras taxas para pagamento de serviços pré definidos, prestados pela empresa aos clientes.

O Orçamento de Estado para 2013, aprovado pela Lei n.º 23/VIII/2013 de 31 de Dezembro altera, no artigo 32º, a base de incidência do IVA para energia eléctrica, passando a taxa do IVA a incidir sobre 100% do valor tributável.

Ao abrigo do disposto no n.º 11º do Decreto-Lei n.º 27/03 de 25 de Agosto, a Agência de Regulação Económica  procedeu à adequação das componentes variáveis das tarifas de electricidade e taxas a praticar pela concessionária Electra S.A, conforme a nova base de incidência do IVA.

 

Baixa Tensão Doméstica (BT)

Baixa Tensão Especial (BTE)

Media Tensão (MT)

Iluminação Pública (IP)

 

Taxas aplicáveis:

Aluguer de contador 

Outras taxas aplicáveis por prestação de serviços, no fornecimento de electricidade

Taxa de ligação à rede por novo contrato

Taxa de ligação à rede por corte por falta de pagamento

Taxa de ligação à rede por transferência do local de consumo

Taxa de vistoria

Taxa de aferição de contador

Taxa de ligação provisória

mulher com lampada 2

Siga os conselhos aqui apresentados. Verá que vale a pena! Obrigada pela sua colaboração.

  • Evite acender lâmpadas durante o dia. Utiliza a luz do Sol abrindo as janelas.
  • Apague as lâmpadas dos locais desocupados.
  • Dê preferência à utilização de lâmpadas fluorescentes compactas, para a cozinha e áreas de Serviço.
  • Evite ligar o ferro eléctrico quando muitos outros aparelhos estejam ligados.
  • Utilize o ferro de passar para maior quantidade possivel de roupas de uma só vez.
  • Passe a ferro primeiro as roupas delicadas e depois as mais leves.
  • Quando desligar um aparelho audiovisual, desligue mesmo o interruptor.
  • Evite dormir com a televisão ligada. Use o timer.
  • Desligue a televisão quando ninguém estiver assistindo.
  • Instale o Frigorifico em local bem ventilado.
  • Não abra a porta do Frigirifico por tempo prolongado.No Frigorifico não guarde os alimentos ainda quentes.Descongele o Frigorifico , evitando a acumulação de gelo.Na sua ausência por tempo prolongado, esvazie o frigorifico e desligue da tomada.
  • Teste a vedação da porta do Frigorifico.
  • Não deixe que as crianças introduzam os dedos e objectos nas tomadas.
  • Sempre que se afastar da criança desligue os aparelhos eléctricos que produzem calor (ferro, placas eléctricas, etc).
  • Quando limpar ou lavar os seus electrodomésticos, desligue-os da tomada. 
  • Não utilize aparelhos eléctricos com as mãos molhadas ou com pés na água.
  • Não toque em cabos eléctricos caídos no chão.
  • Não fixe cordões de roupa a postos ou colunas eléctricas.

Utilize a energia eléctrica com SEGURANÇA

A ELECTRA vem alertar para o seguinte:

  • Não se aproxime das redes eléctricas e dos Postos de Transformação.
  • Não fixe cordões de roupa e vedações a postes eléctricos. 
  • Não ponha roupas a secar em fios eléctricos.
  • Não toque em cabos eléctricos caídos no chão.
  • Proteja os seus filhos afastando-os dos fios eléctricos, dos Postos de Transformação e dos Posto de Iluminação Pública.
  • Roubar energia pode provocar queimaduras graves e morte por electrocussão. Tenha luz em sua casa, com segurança.
  • Nunca apague um fogo de origem eléctrica com água. Chame os bombeiros e telefone a ELECTRA.

 

Roubar energia é crime

Tenha luz em sua casa com segurança e em situação legal.

 

Utilize a Electricidade com toda a Segurança

A utilização da Electricidade no nosso quotidiano implica a consideração dos perigos inerentes.

Os acidentes de origem eléctrica podem ser facilmente evitados desde que se respeitem algumas regras de segurança.

Siga os conselhos aqui apresentados. Verá que vale a pena!

 

     Dicas para utilizar a energia eléctrica com Segurança

  • Evite que as crianças introduzam os dedos e objectos nas tomadas eléctricas. Proteja as tomadas. 
  • Sempre que se afastar da criança desligue os aparelhos eléctricos que produzem calor (ferro, etc).
  • Se comprar brinquedos eléctricos perfira aqueles alimentados a pilha ou com transformadores.
  • Na casa de banho os chuveiros eléctricos devem ser protegidos por um aparelho diferencial.
  • Não ligue o secador de cabelo enquanto estiver dentro da banheira.
  • Nunca apague um fogo de origem eléctrica com água. Chame os bombeiros e telefone à ELECTRA.
  • Não fixe cordões de roupa a postos ou colunas elécticas.
  • Não toque em cabos eléctricos caídos no chão. Há perigo de electrocusão.
  • Antes de utilizar um aparelho eléctrico no exterior, assegure-se que o solo não está molhado e verifique se o aparelho tem ligação à terra.
  • Ao desligar o aparelho eléctrico da tomada puxe sempre pela ficha e nunca pelo cabo eléctrico.
  • Não utiliza extensões eléctricas enroladas para alimentar aparelhos eléctricos de potência elevada.
  • Evite deixar desnecessáriamente cabos eléctricos estendidos pelo chão.
  • Ao utilizar uma extensão eléctrica, ligue a extensão ao aparelho e só depois aquela à tomada.
  • Para ligar vários aparelhos eléctricos no mesmo local utilize tomadas múltiplas.
  • Evite introduzir objectos metálicos nas tomadas eléctricas.
  • Não coloque caos eléctricos por baixo de tapetes ou alcatifas onde eles serão pisados.
  • Quando limpar ou lavar electrodomésticos, desligue-os da tomada.
  • Nunca mergulhe os electrodomésticos em água nem os lave debaixo da torneira.
  • Não utilize aparelhos eléctricos com mãos molhadas ou com pés na água.
  • Instale nos aparelhos eléctricos sensíveis dispositivos de protecção contra sobretensões.
  • Se ao utilizar um aparelho eléctrico sentir formigueiro, desligue-o da corrente e mande-o reparar.

 

O que fazer em caso de interrupção Energia

Se ficar sem energia eléctrica, a primeira coisa que deve fazer é verificar se os seus vizinhos têm energia. Se a sua casa for a única sem energia, verifique no seu quadro eléctrico se o disjuntor ELECTRA ou algum dos disjuntores do quadro geral estão desligados. Se estiverem desligados volte a ligá-los. Depois de ligar todos os disjuntores, o que sucede?

  • Continua sem energia - Contacte a linha de avarias eléctricas 800 11 33 (chamada grátis 24h), indicando o código de identificação do local (CIL) e o nome do titular do contrato.
  • Os disjuntores voltam a disparar - Pode existir uma sobrecarga devido ao funcionamento simultâneo de demasiados equipamentos, ou pode existir uma avaria num dos aparelhos ou na instalação eléctrica.

Outras avarias:

Avaria ou sobrecarga num circuito eléctrico:

Desligue todos os disjuntores do quadro geral. Ligue o disjuntor ELECTRA. Só depois ligue os disjuntores do quadro geral um a um. Se, ao ligar algum disjuntor, este voltar a disparar ou até mesmo disparar o disjuntor ELECTRA, significa que é esse o circuito eléctrico que está na origem da avaria ou que está em sobrecarga.

Avaria no circuito eléctrico:

Desligue todos os aparelhos ligados ao circuito correspondente ao disjuntor que desliga. Volte a ligar o disjuntor que disparou e o disjuntor ELECTRA. Se este, ou estes, voltarem a disparar, a avaria está localizada no seu circuito eléctrico. Deixe o disjuntor que disparou desligado, ligue de novo o disjuntor ELECTRA e providencie a reparação do circuito eléctrico.

Avaria do aparelho:

Ligue os aparelhos que desligou, um de cada vez. Se, ao ligar algum dos aparelhos, o disjuntor disparar, significa que é esse o aparelho que origina a avaria ou a sobrecarga eléctrica.
Mantenha todos os aparelhos desligados, volte a ligar o disjuntor parcial e o disjuntor ELECTRA. Ligue o aparelho que origina a avaria. Se o disjuntor disparar novamente, o aparelho está avariado. Deve providenciar a sua reparação. Se o disjuntor não disparar, trata-se de uma sobrecarga eléctrica.

Caso não exista energia na rua e vizinhança, não assuma que já temos conhecimento da interrupção, contacte-nos por favor para o 800 11 33, número grátis a funcionar 24 horas por dia.
Quando nos contactar por telefone, procure ter consigo uma factura de electricidade para facilmente conseguir identificar o seu CIL – código de identificação local e o nome que está no contrato. Esta informação facilitará o seu contacto com a assistente do apoio a clientes. Lembre-se de referir a hora a que se verificou a interrup
ção ou a hora a partir da qual ela foi percebida. 

 

Contactos

Tel. Mindelo: +(238) 230 30 30
Tel. Praia: +(238) 260 34 50
E-Mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Website: www.electra.cv

Linha Grátis

Assistência Técnica: 800 11 33
Apoio ao Cliente: 800 30 45

linha-gratis4