Água

Documentos necessários

Caso geral

  • Planta de localização do local de consumo
  • Esquema da canalização

Casos de instalação doméstica com mais de 4 fogos ou instalação industrial

  • Planta de localização do local de consumo
  • Projecto completo da instalação de água (memória descritiva e peças desenhadas)

Orçamentação do Ramal

Após a deslocação ao local de consumo, duma equipa técnica de vistoria, para confirmação da conformidade dos documentos entregues e para determinação das características técnicas e do comprimento do ramal a executar, será efectuado o respectivo orçamento.

Comparticipação no Custo do Ramal

O ramal será enquadrado num dos tipos constantes nas tabelas de preços de ramais em vigor para que seja determinado o custo do ramal. O valor a pagar será calculado com base no custo dos materiais e da mão de obra de execução necessários para a ligação até ao contador.

 Tomada [mm] Nº de Fogos Comprimento
 Até 6    7 a 12  13 a 18
 Até 11   1  9.700$00    11.600$00  14.600$00
2  12.200$00    14.600$00  17.900$00
3  23.200$00    26.100$00  30.100$00
4  25.700$00    28.900$00  33.100$00
 125    1  10.300$00    12.300$00  15.300$00
 2  12.800$00    15.200$00  18.600$00
 3  23.900$00    26.600$00  30.400$00
 4  26.300$00   29.500$00   33.700$00
 160    1  11.400$00   13.400$00  16.400$00
 2  14.100$00   16.600$00   20.000$00
 3  25.200$00    28.200$00  32.200$00
 4  27.800$00    31.000$00  35.400$00

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Contrato Normal

Para celebrar um contrato de fornecimento de Água para:

  • uma casa que já foi habitada
  • um estabelecimento comercial ou oficina
  • um local que já foi anteriormente abastecido de água
  • um local novo para o qual já foi instalado o correspondente ramal de alimentação

deve dirigir-se às Lojas da ELECTRA para aí proceder à celebração do respectivo contrato.


Os documentos necessários e os procedimentos a seguir, são os seguintes:

  1. Contrato de fornecimento de Água

Documentos necessários

  • Fotocópia do BI ou do passaporte do cliente ou do seu procurador legalmente constituído.
  • Auto de vistoria da Câmara Municipal (Certificado de Habitabilidade)
  • Certidão de Contribuição Predial, passada pela Repartição das Finanças
  • Declaração NIF  

Elaboração do contrato

O contrato é elaborado depois de se ter confirmado o seguinte:

  • Que o local de consumo não tenha contrato activo
  • Que não existem dívidas do requerente, em atraso, nesse local de consumo
  • Que o requerente tenha somente a última factura (do último mês) em dívida, em seu nome, noutro local de consumo
  • Que existe (m) contador (es) e dispositivos de ligação disponíveis para colocação imediata
  • O contrato fica celebrado mediante a emissão, em duplicado, de uma factura/recibo que é assinada pelas duas partes e paga no acto, sendo uma via para o cliente e outra para a empresa.

Custos de contratação

No acto de celebração do contrato de água, o cliente paga uma taxa de ligação que desde 01/01/2003, é de 846$00.

Vistoria

Uma equipa técnica efectuará uma vistoria ao local de consumo.

Elaboração do contrato

O contrato é elaborado depois de se ter certificado que não existem dívidas do cliente para com a ELECTRA  em qualquer local de consumo.

Os tarifários de água são o conjunto de valores unitários ou fixos (taxas) com base nos quais a empresa factura mensalmente aos clientes, A água consumida no mês antecedente, seguindo regras pré definidas pelo Governo. Também para a recolha e tratamento de águas residuais existem taxas estabelecidas.

Para além dos tarifários existem outras taxas para pagamento de serviços pré definidos, prestados pela empresa aos clientes.

O Orçamento de Estado para 2013, aprovado pela Lei n.o 23/VIII/2013 de 31 de Dezembro altera, no artigo 32o, a base de incidência do IVA para a água passando a taxa do IVA a incidir sobre 100% do valor tributável.

Tarifa I

Tarifa II

Tarifa III-A

Tarifa III-B

Tarifa IV-A

Tarifa IV-B

A fim de evitar o desperdício de água, a escolha de equipamentos adequados e a adopção de gestos simples podem ser passos importantes na poupança.

Apresentamos algumas medidas que poderão adoptar:

 

Lavagem  da roupa

Ligue a máquina de lavar roupa apenas quando estiver completamente carregada. Não só poupa água como também Energia.

O duche

Quando estiver a tomar duche feixe a torneira sempre que se ensaboar. Dessa forma, pode poupar até 30 litros por duche.

Escovar os dentes

Se escovar os dentes com água a correr estará a gastar 6 a 7 litros de água, ao passo que o recurso a um copo de água permite-lhe poupar no máximo metade.

Autoclismo

Coloque uma garrafa cheia dentro do autoclismo (o volume que esta ocupa corresponde à poupança em cada descarga). Se puder, opte por sistemas de descarga diferenciada (com dois botões para maior e menor volume), o que permite 50% de redução no caudal mínimo. Outra solução é o recurso a modelos equipados com um comando que interrompa a saída de água assim que deixa de ser accionado pelo utilizador.

Água quente

Coloque os sistema de aquecimento de água (termoacumulador ou outro) o mais perto possível das torneiras. Desse modo, obtém a temperatura desejada mais rapidamente e reduz o desperdício.

Outras dicas

Controle assiduamente o estado de vedação das suas torneiras e autoclismos.

Tenha em atenção que um dispositivo mal vedado provoca perdas de água significativas. Por exemplo, para um cliente doméstico, uma torneira ou autoclismo mal vedados perdem:

  • 2 m3 por mês –gota a gota.
  • 10 m3 por mês - com um fio de água de 2 mm.
  • 100 m3 por mês – com um fio de água de 6 mm

Sugere-se que coloque um papel ou cinza na zona de descarga da sanita. Se o papel ou a cinza ficarem molhados o autoclismo está a perder água.

A ELECTRA E A QUALIDADE DE ÁGUA

Que tipos de Água é que a ELECTRA produz? 

  • Água Destilada -Salinidade Baixa  até 30  ppm
  • Água Filtrada –Salinidade média  200-400 ppm

Que tipo de Água distribuímos na Rede?

  • Só Água dessalinizada – S.Vicente, Sal e Boavista
  • Mistura de dois tipos (Água dessalinizada +Água Furos) -Praia

Que tipo de tratamentos são efectuados?

  • Desinfecção com cloro
  • Adição de Cal (para aumentar o Ph)

Quais são os controlos Laboratoriais que realizamos?

  • Controlo do Cloro livre
  • Controlo Microbiológico (contagem de microorganismos totais e contagem de coliformes totais e fecais)

 

Cuidados a ter com o Armazenamento de Água

Estando a rede de distribuição em carga permanente, pode originar-se uma das situações descritas abaixo, com consequências diferentes para a qualidade da água armazenada nos reservatórios.

Situação A

A água entra para o reservatório e daí para a canalização interna; não existe ligação directa da rede para a canalização interna.

Esta é a situação mais aconselhável, em termos de qualidade, porque é necessário encher regularmente o reservatório de água, que desta forma, não corre o risco de se deteriorar durante a armazenagem.

Tem a desvantagem de ter pouca pressão.

Situação B 

Esta situação difere da anterior pelo facto dos consumos serem abastecidos, directamente à pressão da rede.

A entrada da água para o reservatório é feita desde que a válvula de passagem esteja aberta.

Nestes casos, existe a possibilidade da água armazenada permanecer muito tempo no reservatório, perdendo a concentração de cloro residual que a mantém desinfectada, aumentando os riscos de vir a contaminar-se.

 

Cuidados a ter nas situações A e B:

Deve limpar regularmente o reservatório de água e, sempre que for mantido um stock por muito tempo, deve juntar lixívia (cerca de ¼ de litro para 5 m3), e manter o reservatório bem tapado com tampa hermética que impeça a entrada de poeira e animais pequenos.

 

Cuidados a ter para as Latas e Vasilhames:

A água dos fontanários que é recolhida ou armazenada em latas ou vasilhames abertos deve permanecer fora do alcance de crianças, cães ou outros animais que possam aí meter as mãos sujas ou bocas, re-introduzindo bactérias na água tratada. Para maior segurança, a água para beber deve ser fervida ou tratada com lixívia (1 a 3 gotas por litro), seguindo-se as indicações dos Serviços de Saúde, sempre que a origem da água não for de total confiança.

Instruções para desinfecção de Cisternas/depósitos água

A manutenção, limpeza e desinfecção do seu reservatório de Água é muito importante.

Se na sua casa houver depósito/cisterna, tenha os seguintes cuidados:

  • Instale-o sempre em local de fácil acesso, limpo e arejado;
  • Nunca o deixe sem tampa adequada ou devidamente protegido.

Lave-o pelo menos uma vez por ano da seguinte forma:

  • Esvazie-o totalmente, retirando todos os detritos e lodo que eventualmente contenha;
  • Escove cuidadosamente as paredes, o fundo e a abertura, utilizando preferencialmente, escovas só para esse fim;
  • Enxagúe todo o interior e esvazie-o de novo;
  • Procede à desinfestação do depósito/cisterna;
  • Deixe entrar água limpa até cerca de 30cm de altura;
  • Junte 250ml de Lixívia (à venda no mercado);
  • Mantenha em repouso, sem consumir, durante pelo menos meia hora;
  • Volte a esvaziar, abrindo todas as torneiras de serviço para eliminar completamente a Lixívia.
  • Após esta operação o depósito/cisterna está pronto a receber a água que vai utilizar.
  • Faça a desinfecção da sua cisterna e depósitos de água pelo menos uma vez por ano.

Faça a desinfecção da sua cisterna e depósitos de água pelo menos uma vez por ano.

Contactos

Tel. Mindelo: +(238) 230 30 30
Tel. Praia: +(238) 260 34 50
E-Mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Website: www.electra.cv

Linha Grátis

Assistência Técnica: 800 11 33
Apoio ao Cliente: 800 30 45

linha-gratis4